A Liturgia Católica #YOUWAY

A paz de Nosso Senhor Jesus Cristo!

Hoje é dia de Programa YOUWAY a partir das 22h, participe!

No programa do dia 27.01 conversamos sobre o NOVO TEMPO em que estamos vivendo, sim! Opa, não confunda com horóscopo ou esoterismo, o TEMPO novo que estamos vivendo é o litúrgico, chamado: “Tempo comum”, “Tempo ordinário” ou “Tempo durante o ano” são três designações para o período de cerca de dois terços de todo o ano litúrgico (33 ou 34 semanas) e que tem como característica própria celebrar o mistério de Cristo na sua globalidade, em vez de se centrar numa dimensão desse mesmo mistério de Cristo!

2015.01.27 YOUWAY 1

 

Já pensou que de COMUM só tem o nome? O extraordinário acontece todos os domingos em nossa vida!

Tá ligado no que tô falando… Continue a ler YOUWAY!

i S2 missa

E para começar, sabedoria do Magistério da Igreja:

O Concílio Vaticano II sublinhou a importância do Domingo, classificando-o como “festa primordial dos cristãos” e como “fundamento e núcleo de todo o Ano litúrgico”:

Por tradição apostólica, que nasceu do próprio dia da Ressurreição de Cristo, a Igreja celebra o mistério pascal todos os oito dias, no dia que bem se denomina dia do Senhor ou domingo. Neste dia devem os fiéis reunir-se para participarem na Eucaristia e ouvirem a palavra de Deus, e assim recordarem a Paixão, Ressurreição e glória do Senhor Jesus e darem graças a Deus que os «regenerou para uma esperança viva pela Ressurreição de Jesus Cristo de entre os mortos» (1 Ped 1, 3).

O domingo é, pois, o principal dia de festa [primordialis dies festus] a propor e inculcar no espírito dos fiéis; seja também o dia da alegria e do repouso.

O Tempo Comum começa na segunda-feira a seguir ao domingo que ocorre depois da celebração do Batismo do Senhor, neste ano no dia 11 de Janeiro e prolonga-se até à terça-feira antes da Quaresma (quarta de cinzas, que será dia 18 de fevereiro) inclusive; retoma-se na segunda-feira a seguir ao Domingo do Pentecostes e termina antes das Vésperas I do Domingo I do Advento. Para os domingos e os dias feriais deste tempo há uma série de formulários próprios, que se encontram no Missal e na Liturgia das Horas.

tempo-comumm

A grande dificuldade em perceber o que é específico do tempo comum está na oposição que estabelecemos com os restantes “tempos” do ano litúrgico. Como chamamos “tempos fortes” ao ciclo do Natal (Advento e Tempo do Natal) e da Páscoa (Quaresma, Tríduo Pascal e Tempo Pascal), tendemos a considerar o Tempo comum como um “tempo fraco”, por oposição aos outros ciclos. O ciclo do Natal e da Páscoa concentram-se numa dimensão do mistério de Cristo, o que lhes dá uma fisionomia própria e facilmente identificável. Mas isso não significa que o Tempo comum não tenha também identidade própria ou se defina apenas pela negativa: o período que não pertence aos dois ciclos celebrativos ditos “fortes”. Num certo sentido, também o Tempo comum é um “tempo forte”, destinado a aprofundar a presença de Cristo na existência cristã. Sem este Tempo comum, as nossas celebrações do ano litúrgico perderiam unidade, pois limitar-se-iam a considerar momentos episódicos da vida de Cristo e do seu mistério, sem contudo os integrar no conjunto da sua existência e, por isso, sem impregnar toda a nossa existência cristã. Além disso, importa ter presente que a semana “comum” ou “ordinária” nasceu, na Igreja, antes de qualquer um dos “tempos fortes”.

Festas de guarda que podem não ser no domingo

Baseando-se no terceiro mandamento da Lei de Deus, a Igreja Católica estipula que todos os católicos são obrigados a irem à missa em todos os domingos e festas de guarda. Por isso, esta obrigação está também presente nos Cinco Mandamentos da Igreja Católica. A maior parte das festas de guarda caiam sempre num domingo (ex: Domingo de Ramos, Pentecostes, domingo de Páscoa, Santíssima Trindade, etc.), que já é o dia semanal obrigatório de preceito ou guarda. Então, as festas de guarda que podem não ser no domingo são apenas dez:

 

·         1 de Janeiro – Solenidade de Santa Maria, Mãe de Deus;

·         6 de Janeiro – Epifania

·         19 de Março – Solenidade de São José

·         Ascensão de Jesus (data variável – quinta-feira da sexta semana da Páscoa)

·         Corpus Christi (data variável – 1ª quinta-feira após o domingo da Santíssima Trindade)

·         29 de Junho – Solenidade dos Apóstolos São Pedro e São Paulo.

·         15 de Agosto – Assunção de Maria

·         1 de Novembro – Dia de Todos-os-Santos

·         8 de Dezembro – Imaculada Conceição de Maria

·         25 de Dezembro – Natal

Lembrando sempre que todo católico é CONVIDADO a viver este mistério todos os dias e participar deste maravilhoso sacramento da EUCARÍSTIA!

hoje-tem-santa-missa-

 Breve explicação dos períodos e domingos especiais

 

Advento

Período: Inicia quatro domingos antes do Natal e encerra-se na véspera do dia de Natal.

Significado: Celebra-se a esperança da Salvação e a espera pelo nascimento do Salvador.

Cores: roxa e rosa.

Símbolos Velas; Luz.

Natal

Período: Inicia-se no Dia de Natal e vai até o domingo do Batismo de Jesus.

Significado Celebra-se o nascimento de Jesus, o Salvador. No dia de Natal utiliza-se a cor dourada, nos demais dias branco.

Cores: branco (que pode ser tocada pelo Dourado).

Símbolos: Manjedoura; Pastores Estrela.

Epifania

Período: Dia seis de janeiro.

Significado: A palavra significa “manifestação”. Rememora-se a jornada do reis sábios até encontrar o menino Jesus.

Cores: Branco.

Símbolo: Estrela guia.

Batismo de Jesus

Período: Último domingo do período de Natal.

Significado: Celebra-se o Batismo de Jesus por João Batista, quando o Espírito de Deus desceu como pomba sobre Jesus.

Cores: Branco.

Símbolo: Pomba.

Tempo Comum

1º período: Domingo do Batismo ao domingo da Transfiguração do Senhor.

2º período: Domingo da Trindade ao domingo de Jesus Cristo Rei do Universo.

Significado: Tempo de reflexão e amadurecimento da fé.

Cor: Verde.

Símbolo Árvore.

Transfiguração do Senhor

Período: Último domingo do 1° período de Tempo Comum.

Significado: Celebra-se a transfiguração de Jesus e a manifestação de Deus na nuvem afirmando que Jesus é Seu Filho Amado.

Cor: Branco.

Símbolo: Nuvem em resplendor.

Quaresma

Período: Inicia-se 40 dias antes da Páscoa.

Significado: Celebra-se os dias de Jesus na terra, sua vida e mensagem.

Cor: Roxa e Rosa.

Símbolos: Peixe e Pão, Sandálias.

Ramos

Período: Último domingo do período da Quaresma.

Significado Celebra-se a entrada de Jesus em Jerusalém, quando o povo estendeu mantos e acenava com ramos.

Cor: Vermelho.

Símbolo: Ramos.

Paixão de Cristo

Período: Sexta-feira que antecede a Páscoa.

Significado: Rememora-se o caminho do Calvário, toda dor, angustia, sofrimento e solidão de Jesus sobre a cruz.

Cor: Vermelho.

Símbolo: Crucifixo.

Páscoa

Período: Domingo de Páscoa ao domingo da Ascensão.

Significado: Celebra-se a ressurreição de Jesus e o Êxodo. No dom. de Páscoa utiliza-se a cor dourada nos demais branco.

Cor: branco(que pode ser tocada pelo Dourado).

Símbolos: Cruz vazia; Cordeiro.

Ascensão

Período: Último domingo do período da Páscoa.

Significado: Celebra-se a subida de Jesus Cristo ao céu após dar as últimas instruções aos discípulos.

Cor: Branco.

Símbolo Jesus sobre as nuvens.

Pentecostes

Período: Domingo seguinte ao domingo da Ascensão.

Significado: Celebra-se a descida do Espírito Santo relatada no livro de Atos capítulo dois.

Cor: Vermelho.

Símbolos: Chama; Pomba; Sarça ardente.

Trindade

Período: Domingo seguinte ao domingo de Pentecoste.

Significado: Celebra-se a Trindade em sua essência: Deus Pai, Filho e Espírito Santo.

Cor: Branco.

Símbolos: Círculo da Trindade; Trevo de três folhas.

Cristo, o Rei do Universo

Período: Último domingo do ano litúrgico.

Significado: Celebra-se o Senhorio de Jesus como Rei de nossas vidas e de toda a criação para todo a eternidade.

Cor: Branca (que pode ser tocada pelo Dourado).

Símbolo: Coroa.

2015.01.27 YOUWAY 5

 

Este é programa YOUWAY! Jovem, faça parte conosco na NOVA EVANGELIZAÇÃO!

Deixe seus comentários, testemunhos e sugestões aqui no blog ou nas nossas redes sociais! E venha também nos fazer uma visita nos estúdios da Rádio Maria todas as Terças a partir das 22h!

Deus abençoe a todos! 

A Paz de Cristo, lançai as redes: compartilhe!
  • Twitter
  • Facebook
  • Google Reader
  • Google Bookmarks
  • LinkedIn
  • email
  • Delicious
  • Tumblr
  • More

Catequista e Contabilista - Blogueiro

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *